TRANSTORNOS ALIMENTARES

Transtornos da alimentação

Anorexia nervosa

Anorexia nervosa é um  caracterizada por perda de peso intencional, induzida e mantida pelo paciente. Ocorre geralmente em mulheres adolescentes ou jovens, mas pode igualmente ocorrer no sexo masculino ,ou criança próxima à puberdade . Existe um medo de engordar e de ter uma silhueta arredondada, intrusão persistente de uma idéia supervalorizada sobre o próprio peso. Os pacientes  impõem a si mesmos um baixo peso. Existe comumente desnutrição de grau variável que se acompanha de modificações endócrinas e metabólicas secundárias e de perturbações das funções fisiológicas. Os sintomas compreendem uma restrição da alimentação, a prática excessiva de exercícios físicos, vômitos provocados e a utilização de laxantes, anorexígenos  ou diuréticos.

Anorexia nervosa atípica

 Apresenta algumas das características da anorexia nervosa mas cujo quadro clínico global não justifica tal diagnóstico. Por exemplo, um dos sintomas-chave, tal como um temor acentuado de ser gordo pode estar ausente na presença de uma acentuada perda de peso e de um comportamento para emagrecer. Este diagnóstico não deve ser feito na presença de doenças físicas conhecidas associadas à perda de peso (infecções, tumores, distúrbios endócrinos, etc).

Hiperfagia associada a outros distúrbios psicológicos

Comer compulsivamente assciado a eventos estressantes, tais como lutos, acidentes, partos etc.

Vômitos associados a outros distúrbios psicológicos

Vômitos repetidos que podem ocorrer nos transtornos dissociativos e hipocondríacos e que não são exclusivamente imputáveis a afecções.

Medico Psiquiatra em São José do Rio Preto - Dra. Carolina Rosa Rudolph

Bulimia nervosa

 Caracterizada por acessos repetidos de comer compulsivamente e uma preocupação excessiva com relação ao controle do peso corporal conduzindo a uma alternância de comer excessivamente e indução de vômitos ou uso de purgativos. Partilha diversas características psicológicas com a anorexia nervosa, dentre as quais uma preocupação exagerada com a forma e peso corporais. Os vômitos repetidos podem provocar perturbações eletrolíticas e complicações clínicas. Nos antecedentes encontra-se freqüentemente, mas nem sempre, um episódio de anorexia nervosa ocorrido de alguns meses a vários anos antes.